Assistência Social

Solismara de Oliveira Tosato Delarmelina

Prefeitura de Cariacica já entregou mais de 25 mil cestas básicas desde o início da pandemia de coronavírus

Por Tatiana Moura, postado em 06/07/2020
Fotos Claudio Postay

Do início da pandemia de coronavírus, em março, até a presente data, a Prefeitura de Cariacica entregou mais de 25 mil cestas básicas à famílias em situação de vulnerabilidade social, que tiveram suas situações agravadas pela Covid 19, e mais de 60 mil kits merenda aos alunos da rede municipal.

Somente a Secretaria Municipal de Assistência (Semas), entregou 18.937 cestas básicas, as demais entregas foram realizadas pelo Instituto de Desenvolvimento de Cariacica (Idesc) e pela Secretaria Municipal de Defesa Social (Semdefes).

No que diz respeito à Assistência Social, as entregas vêm acontecendo por meio da Central de Assistência Social (Cas), um canal direito com o cidadão, onde pelos telefones 3354-5551 e 3354-7100, ele liga e agenda a entrega. A ligação é gratuita.

O serviço funciona de segunda a sábado, das 8h às 16h. Dezesseis técnicos trabalham diariamente atendendo às ligações nas duas centrais telefônicas. As entregas são realizadas no Banco de Alimentos Josué de Castro em Rosa da Penha. Cada cesta vai acompanhada de um kit higiene e limpeza pessoal.

A dona de casa, Eliete Dias dos Santos, 38, garante que, sem essa ajuda, não saberia o que fazer, já que está desempregada e cria, sozinha, os quatro filhos.

“Eu fazia faxinas, mas com a pandemia, ninguém quer mais. Minha renda hoje vem do Bolsa Família. Essas cestas me dão uma ajuda e tanto, sempre que ligo para a central sou bem atendida e recebo toda a ajuda que preciso”, afirma a dona de casa, que é referenciada no Cras de Campo Verde há 24 anos.

São considerados públicos elegíveis para recebimento do benefício famílias inscritas no CadÚnico, beneficiários do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), desempregados, autônomos, trabalhadores informais e micros e pequenos empreendedores que possuam renda per capita igual ou inferior a 1/2 salário mínimo (R$ 522,50).      

Educação

A Secretaria Municipal de Educação (Seme), da mesma forma, vem atuando  para garantir que a alimentação chegue à mesa dos 16.191 alunos beneficiários do Bolsa Família. Prova disso, são os mais de 60 mil kits merenda entregues. Uma parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap), garante a inclusão de frutas, verduras e biscoitos nos kits.

O secretário de Educação, José Roberto Martins Aguiar, ressalta que esta é uma ação muito importante para os alunos que, em muitos casos, têm a merenda como a principal refeição do dia.

O auxílio tem como base o decreto nº 054 que declara situação de emergência em Cariacica, devido à pandemia de coronavírus. Os kits foram adquiridos com recursos próprios da Seme.

Idesc e Defesa Social

O Instituto de Desenvolvimento de Cariacica (Idesc) doou alimentos à catadores de materiais recicláveis e à outros empreendedores, enquanto a Secretaria Municipal de Defesa Social (Semdefes) doou aos taxistas, uma das muitas categorias profissionais que teve queda no faturamento em virtude da pandemia.

Esforços

O prefeito, Geraldo Luzia, garante que, neste momento, todos os esforços da administração estão concentrados na atenção à saúde e em dar garantia de alimentação aos munícipes que estão em situação de vulnerabilidade.

“Em 2020 nos deparamos com a pandemia, o que expôs muitas famílias a inúmeras dificuldades e à falta de renda mínima até para se alimentar. Seja pelos kits merenda ou cestas básicas, somados aos kits de limpeza, pudemos transformar o equilíbrio fiscal trabalhado nos últimos anos em capacidade de garantir qualidade de vida aos cariaciquenses que mais precisam”, garante.  

banner